Passar alguns minutos de cada dia, durante um ano inteiro, com um santo de envergadura universal é compreensível. Mas fazer o mesmo com duas criancinhas, não será um desafio desmesurado?
Um desafio tanto mais audacioso quanto estas crianças morreram antes de completar os onze anos de idade.
As páginas desta obra mostram que passar um ano inteiro na companhia do Francisco e da Jacinta não só nos pode deixar radiantes, graças ao seu encanto irresistível, mas também pode ser o penhor das mais belas bênçãos divinas.