— Este livro parte da amizade entre um menino e um peixe um pouco diferentes do resto
— Tina Vallès, por meio de um estilo muito descritivo, que não diz tudo nem julga ninguém, leva-nos a pensar nas diferenças, nos defeitos físicos e no bullying, tão presente nas nossas escolas
— As ilustrações de Gabriel Salvadó constituem uma espécie de caricaturas respeitosas que aliviam a carga dramática do conto
— No «Guia de leitura» a autora explica o nascimento das personagens e do enredo e, logo a seguir, propõe uma série de jogos linguísticos e de situações para repensar a vida
O Bocababa é um menino sem sorte. Tem um olho distraído e o outro surpreendido e passa o dia a tropeçar e a colecionar galos porque não olha para onde tem de olhar. Tem sempre a boca aberta de par em par e a gola da camisola empapada pelo fio de saliva que lhe vai caindo.
O Vira-Tripas é um peixe sem cor. Mora na barraquinha dos peixes da feira ambulante da região. Enquanto os outros peixes encontram logo dono, ele envelhece num aquário minúsculo e abandonado a um canto. Um dia a feira ambulante instala-se na rua do Bocababa… e nada voltará a ser como dantes.